De um encontro com o respeitável Mestre Liu Chih Ming da Linhagem Taoísta Pai Lin

Há momentos que gratificam a nossa alma – que demonstram o valor de sua atitude. Assim aconteceu comigo, na Praça do Tai Chi, em Curitiba, sábado (7), ao receber do professor de Tai Chi Pai Lin em Curitiba, José Onofre Nunes, uma bela obra – conteúdo ímpar – com textos fundamentais dos Mestres Liu Pai Lin e Liu Chih Ming, a qual foi encaminhada pelo Tarcísio Tatit Sapienza.
Praça Tai chi 07nov15 Onofre livro liu chih ming Tarcísio Tatit Sapienza   FullSizeRender-2

LL LCM 6 Sou muito grato pela lembrança e pela citação do meu nome no livro por ocasião de uma entrevista que fiz ao respeitável Mestre Liu Chih Ming, em 2012.

O Mestre Liu Chih Ming – o qual tive a honra de conhecer pessoalmente quando fui a São Paulo visitar o Centro de Estudos de Medicina Tradicional e Cultura Chinesa – CEMETRAC, recebeu-me com muita cordialidade. Foi um tempinho que ele concedeu – entre suas importantes atividades em prol do ser humano. Nunca esqueci daquele encontro; muito bacana. Que momentos assim possam se repetir no futuro!

O livro “Linhagem Taoísta Pai Lin” pode ser adquirido no CEMETRAC – www.cemetrac.com.br – Tel: (011) 3209-8189.
FullSizeRender-4  FullSizeRender-5


Como implantar um jardim nativo em casa

A Praça do Tai Chi sempre organiza em Curitiba atividades revigorantes. A SPVS (Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental) participa dessa tradição com a oficina de cultivo de plantas nativas, que será realizada no próximo sábado (07), às 9h30.

Técnicos do ConBio vão falar sobre a relação das plantas nativas com a conservação da biodiversidade e sobre como implantar um jardim nativo em casa. A praça fica no bairro Água Verde, na esquina entre a rua Guilherme Pugsley e avenida Água Verde.

Taichi final

A missão da SPVS é trabalhar pela conservação da natureza, através da proteção de áreas nativas, de ações de educação ambiental e do desenvolvimento de modelos para o uso racional dos recursos naturais.

A missão da SPVS é trabalhar pela conservação da natureza, através da proteção de áreas nativas, de ações de educação ambiental e do desenvolvimento de modelos para o uso racional dos recursos naturais.

Serviço
Evento: Tai Chi & Oficina Plantas Nativas
Dia: 7 de novembro
Horários: Tai Chi às 09h30 – Oficina Plantas Nativas às 10h15
Local: Praça do Tai Chi (Av. Agua Verde esq. Rua Guilherme Pugsley), Curitiba
Participação: livre e grátis

Para saber mais sobre a SPVS
. http://www.spvs.org.br
. https://www.facebook.com/SPVSBrasil
 
Para saber mais sobre o evento “Tai Chi & Plantas Nativas”
. https://www.facebook.com/PracadoTaiChi
. LevisLitz@TaiChiCuritiba.com
. http://www.TaiChiCuritiba.com.br

Tai Chi e Halloween – Brincar de adulto, ora bolas!

Tai Chi & Halloween

Deixando a discussão cultural de lado, é uma oportunidade de amigos se encontrarem e se divertirem.
Leitura de textos (de terror?) – Chá (de asas de morcego ou de pó de gafanhoto?)
Bate-papo (de dar medo?) – Doce ou Travessura? Surpresa e Alegria!
Se fosse você, iria!
——————
Praça do Tai Chi
Av. Água Verde esquina com Rua Guilherme Pugsley
23 de outubro (sábado) – Às 18h00
É livre! É grátis!

Tai Chi & Halloween


A Praça do Tai Chi e Jardins Nativos com cultivo e aprendizagem

Hoje, 16 de setembro, em reunião in loco na Praça do Tai Chi, com 3 membros da equipe da SPVS – Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental, que atuam em projetos de conservação em cidades – condomínio da biodiversidade – Betina, Felipe e Tise, demos o primeiro passo no sentido de incrementar a Praça do Tai Chi com um workshop sobre plantas nativas e o seu cultivo, bem como o plantio de caliandras brevites, jerivás, entre outras.

O espaço ficará um brinco e o Jardim Botânico que nos aguarde, pois a concorrência vem chegando (brincadeira). Enfim, esta iniciativa será levada a apreciação de autoridades da área para a obtenção da aprovação do projeto e, por consequência, sua execução pelos praticantes do Tai Chi Curitiba e amigos.

Iniciativa: Grupo Tai Chi Curitiba (Prof. Levis Litz) e SPVS.

Foto: caliandra brevites – uma das protagonistas a entrar em cena para embelezar a Praça do Tai Chi.

Captura de Tela 2015-09-16 às 22.58.18


Tai Chi & Tango na Praça do Tai Chi

Aos que apreciam praticar tai chi e também um tango, em setembro, dia 12, num sábado, a partir das 09h30 será realizada uma atividade combinada. Primeiro o público terá a oportunidade de praticar tai chi chuan com a professora Clarice do Grupo Tai Chi Curitiba e depois praticar um pouco de tango com o professor Clézio Dias.

Serviço:
Dia: 12 de setembro (sábado)
Horário: das 09h30 às 11h30
Local: Praça do Tai Chi, esquina da Av Água Verde com Rua Guilherme Pugsley, Água Verde, Curitiba
Tai Chi e Tango


Um gesto de reconhecimento

Que a vida deve ser vivida – com consciência de que somos indivíduos que vivemos numa coletividade, todo mundo já sabe.
Que a responsabilidade – devido a essa coletividade, traz suas consequências. Isso também é público e notório.
Que a qualidade de vida
– viver bem e em equilíbrio e em harmonia – são premissas de uma boa vida, vivida. É desnecessário afirmar. Entretanto, é bom sempre lembrar.

Nesse sentido agradeço a lembrança e reconhecimento – do nosso trabalho voluntário como professor/voluntário de Tai Chi Chuan junto a coletividade – conforme a proposição do vereador Jonny Stica apresentado na Câmara Municipal de Curitiba.

Sou grato também a “Toninha” (Antonia Passos), minha ex-aluna do idioma inglês e uma pessoa portadora de um coração pra lá de grande.

——————————-
Tai Chi para a coletividade

Em Curitiba há muitas escolas que disponibilizam o aprendizado do Tai Chi. Também há muitos locais em que essa prática também é oferecida gratuitamente ao público. Entre os diversos locais, há na Praça do Japão, aos domingos, às 09h30. Em breve também haverá no Jardinete Luiz Carlos Ribeiro, carinhosamente apelidado como “Pracinha de Tai Chi”, no bairro Água Verde.

Jonny Stica


O Bairro Água Verde, em Curitiba, terá mais um espaço para prática do Tai Chi

Uma boa notícia para os residentes do Água Verde

Após um longo tempo de espera, emergiu uma boa notícia: a comunidade do Bairro Água Verde em Curitiba teve seu ganho. No início desta semana, a revitalização do Jardinete Luiz Carlos Ribeiro começou. O espaço que antes era pouco frequentado, raras vezes era visto crianças brincando em seu playground, poderá – em aproximadamente dois meses (talvez até menos), ter um espaço mais “clean”, moderno e prazeroso de se frequentar.

Captura de Tela 2015-06-26 às 10.03.53
Embora não seja um espaço muito grande, localizado nas esquinas da Rua Guilherme Pugsley com a Av. Água Verde, o referido jardinete contará com um “estacionamento” para bicicletas, uma iluminação nova, potente e muito melhor, haverá também um espaço um pouco maior da pavimentação que havia anteriormente. Tudo novo! Essa pavimentação, cercada por um gramado e o playground que lá existia, permitirá que um pequeno grupo pessoas possam praticar Tai Chi, entre outras atividades corporais.

Para praticantes de Tai Chi Chuan e outros frequentadores

Como uma notícia agradável, o espaço torna-se mais uma alternativa, a exemplo da Praça do Japão e a Praça Afonso Botelho (temporariamente fechada para reforma), para pessoas praticarem Tai Chi Chuan. Para quem não pratica Tai Chi, poderá utilizar os equipamentos do Jardinete: playground para as crianças e bancos para conversar, namorar e contemplar as estrelas. Nesse sentido, o Sr. João Carlos Fontoura de “Parques e Praças (SMMA – MAPP)” disse que a presente revitalização no Jardinete Luiz Carlos Ribeiro está sendo concretizada com o maior interesse e da melhor forma possível.
Captura de Tela 2015-06-26 às 10.07.22

Apesar do Jardinete não ter sido aprovado para se tornar a Praça do Tai Chi, como requerido no Projeto de autoria do prof. Levis Litz, fica como resultado positivo, a ação do professor que levou a revitalização da referida Unidade de Conservação. Uma ação louvável também de todas as partes envolvidas, digna de aplausos, que trará ganhos relevantes, tanto para residentes do bairro da Água Verde e a comunidade em geral.

Captura de Tela 2015-06-26 às 10.04.50

O prof. Levis Litz expressa seu agradecimento especial ao Sr. João Carlos Fontoura e sua equipe (MAPP). Ao Secretário do Meio Ambiente, Renato Eugenio de Lima. Ele agradece também ao Presidente da Associação Internacional de Praticantes de Tai Chi Chuan, José Onofre Nunes; ao Presidente do Conselho de Segurança do Água Verde, Paulo Roberto Goldbaum Santos e seus membros; ao fotógrafo Paulo Delavigne; à jornalista Maria Celeste Correa; ao Presidente do IPPUC, Sérgio Póvoa Pires, ao professor do Colégio Medianeira, Olindo Baggio; ao vereador Bruno Pessutti; ao assessor parlamentar, Adriano Rabiço; Vereador Prof. Gaudino, aos seus alunos e amigos: Jean Sirigate, Dra. Luiza Wisniewski, Dr. Carlos Assis; Professora Elenice Benvenutti, Regina Amélia, Drauzio Menezes, Luiz Alberto Schwab de Mello, Hiran Cassou (SMELJ) e às 151 pessoas que em algum momento apoiaram a iniciativa em relação ao projeto “Praça Tai Chi – Jardinete Luiz Carlos Ribeiro”.