ArtMaster – Interpretação com a atriz Cleide Piasecki, que tal?

A renomada atriz Cleide Piasecki, autora, diretora, coreógrafa e atriz – formada em Dança pela PUC-PR, trabalha com teatro há mais de 30 anos e com cinema desde 2012.

Atualmente está em cartaz com o espetáculo “La Cena” do G2 Cia. de Dança do Teatro Guaíra.

Ela também está envolvida num curso de interpretação para cinema e teatro no Espaço Cultural FALEC.

O curso é o Art Master, destinado a pessoas acima de 50 anos, com ou sem experiência na arte de interpretação, que queiram conhecer e desenvolver uma atividade artística ou simplesmente aperfeiçoar conhecimentos em interpretação.

Alguns dos assuntos ministrados em aula:

Expressão corporal e Condicionamento físico;
Diferenças no trabalho de interpretação em cinema e teatro;
Construção do personagem;
Leitura e interpretação de textos teatrais e roteiros;
Exercícios de interpretação com e sem câmera;
Trabalho de conclusão Anual: Montagem teatral ou Filmagem.

Objetivos:

“Nunca é tarde para exercitar a sensibilidade que existe latente em cada indivíduo”.

O objetivo do curso é mudar a percepção de corpo e mente e desenvolver o potencial criativo. Obter novos conhecimentos, utilizando a arte de interpretação em teatro e cinema. É direcionado a pessoas interessadas em vivenciar uma experiência artística.

Faça uma aula experimental no Espaço Cultural FALEC!

Informações:
Melissa – Tel (41) 99810-0070
Cleide Piasecki – E-mail: CleidePiasecki11@mail.com

ART MASTER FOLDER


Teatro, reflexões e cidadania, à la Salmonela

No Coração das Trevas: Uma Jornada Mítica Civilizada pelo Centro Cívico


Memórias evocadas de uma história emergida recente – bombas e balas de borrachas atiradas em professores oriundas da região do Palácio das Araucárias  (Sede do poder do Estado) e contínua corrupção ativa e crescente presenciadas na “Cidade de Muitos Pinheiros (Kur Yt Yba)”, levam a esta incrível e imperdível performance que, num ato de interatividade e sentimentos de solidariedade, nos proporcionam a uma reflexão de como se exercita a cidadania.

Sentimentos cultivados e compartilhados, com momentos interessantes, instigantes e intensos são proporcionados pelos atores da Companhia Salmonela Urbana Cia Performática no Festival de Teatro de Curitiba deste ano.

Nos fazem pensar, interagir e abrir os olhos sobre as relações sombrias de um passado tão presente – que podem comprometer a democracia e se estender a um futuro de incertezas.

Esta performance, que faz o público interagir – navega pelas calçadas do Centro Cívico (Cívico ?)  levando as pessoas a percorrerem um trajeto urbanista-autofágico-pós-colonial-neoliberal. No caminho deparam-se com instituições que deveriam primar pela “ordem e progresso” da cidade, do estado e do país.

Início do percurso: Praça 19 de dezembro.
Caminhada até a Praça Nossa Senhora de Salete.
Ainda dá tempo de assistir.
Hoje é o último dia, às 13h00.
Experiência ímpar.

Direção: Lúcia Helena Martins
Produção: Bruna Mendonça
Performers: Ana Ferreira, Amanda Lima, Aquiles Kauê, Barbara Camargo, Cassia Pauluk, Dayane Andrade, Dani Wall, João Muniz, Juliana Luz, Leo Castilhos, Maycon Lorkievicz, Mathews Nascimento, Rafael Machado, Raíssa Miranda, Tainá Roma, Victor Dezute, Vivian Schimitz, Jennifer Ferrari
Figurino: Sanmi Riquerme, Karina Barbosa
Companhia: Salmonela Urbana Cia Performática
Gênero: Intervenção
Entrada franca

Texto/Fotos: Levis Litz


Teatro de Rua – “Os fantasmas pedem: Intervenção militar já!?”

Não por acaso, eu estava passando pela Praça Santos Andrades em Curitiba, ali por volta das 13h. Uma tarde muito ensolarada de quinta-feira.

Ali caminhando e cantando e seguindo a minha canção pude observar um grupo de jovens que participavam de um Teatro de Rua – Fringe, do Festival de Teatro de Curitiba.

Aconteceu – sob os olhares dos presentes e da movimentação do “Salmonela Urbana CIA Performática” o Teatro de Rua com a denominação: “Os fantasmas pedem: Intervenção militar já!? Pelo retrocesso em prol dos sábios?!“.

Para garantir a liberdade, intervenção militar já! Usemos da força para apoiar nossos interesses! Ditadura já!“, brada “Salmonela Urbana Cia. Performática” saindo as ruas pedindo intervenção militar. “Vai ficar aí parado? Venha lutar com a gente! Se encontrar algum fantasma pelo caminho, taca-lhe pau!“.

Ao observar aqueles atores, momentos emergiram e induziram a reflexão sobre um passado vivido em tempos de “cólera” que produziu atos insanos aos seus semelhantes. Parabéns aos atores e a direção!

Fotos: Levis Litz
Repórter Fotográfico
Mtb 3497/13/68v-1997
Captura de Tela 2015-04-02 às 19.51.21 FullSizeRender-6

FullSizeRender-8 FullSizeRender-2

FullSizeRender-5  FullSizeRender-4

FullSizeRender-7  FullSizeRender-9

FullSizeRender-3  FullSizeRender

“INTERVENÇÃO MILITAR JÁ!”
Salmonela Urbana CIA Perfomática
Intervenções
Praça Santos Andrade – 02/04/2015  13h00
Direção: Lúcia Helena Martins.
Elenco: Aquiles Kauê, Dayane Andrade, Giulia Martins,
Leonardo Carrera, Mika Urbanek, Ricardo Calixto, Sol do Rosário.