Por que viajar sobre duas rodas estrada afora?

Por que viajar sobre duas rodas estrada afora?

Quando viajo de motocicleta – hoje percorridos muito mais do que 20 mil km de estradas e trilhas – muita gente questiona: “Por que numa motocicleta?”. Ora! Ao viajar, por exemplo, numa motocicleta XL-125, em que a velocidade não era alta e a potência limitada, você tem que respeitar o que lhe é acessível e possível. Foi graças a ela que pude atravessar rios e lagoas em cima de embarcações, atravessar dunas (levando-a no braço) e conhecer lugares fantásticos como Cabo Polonio, no Uruguai. Nunca teria conseguido sem minha XL-125. Não é tamanho que importa, mas sim o prazer que ela te proporciona! (rs).

com crédito Valesca - Motocicleta - No Barco

Foto by LL: A Valesca com a nossa XL-125 em uma embarcação – saindo da Estrada do Inferno (BR-101), na travessia da Lago dos Patos – de São José do Norte para a cidade de Rio Grande (RS).

——
Visite:

. Fotos e Rumos em www.FotoseRumos.com

. Duas rodas pela estrada afora no Facebook em https://www.facebook.com/groups/118332212085523/

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s