O Bairro Água Verde, em Curitiba, terá mais um espaço para prática do Tai Chi

Uma boa notícia para os residentes do Água Verde

Após um longo tempo de espera, emergiu uma boa notícia: a comunidade do Bairro Água Verde em Curitiba teve seu ganho. No início desta semana, a revitalização do Jardinete Luiz Carlos Ribeiro começou. O espaço que antes era pouco frequentado, raras vezes era visto crianças brincando em seu playground, poderá – em aproximadamente dois meses (talvez até menos), ter um espaço mais “clean”, moderno e prazeroso de se frequentar.

Captura de Tela 2015-06-26 às 10.03.53
Embora não seja um espaço muito grande, localizado nas esquinas da Rua Guilherme Pugsley com a Av. Água Verde, o referido jardinete contará com um “estacionamento” para bicicletas, uma iluminação nova, potente e muito melhor, haverá também um espaço um pouco maior da pavimentação que havia anteriormente. Tudo novo! Essa pavimentação, cercada por um gramado e o playground que lá existia, permitirá que um pequeno grupo pessoas possam praticar Tai Chi, entre outras atividades corporais.

Para praticantes de Tai Chi Chuan e outros frequentadores

Como uma notícia agradável, o espaço torna-se mais uma alternativa, a exemplo da Praça do Japão e a Praça Afonso Botelho (temporariamente fechada para reforma), para pessoas praticarem Tai Chi Chuan. Para quem não pratica Tai Chi, poderá utilizar os equipamentos do Jardinete: playground para as crianças e bancos para conversar, namorar e contemplar as estrelas. Nesse sentido, o Sr. João Carlos Fontoura de “Parques e Praças (SMMA – MAPP)” disse que a presente revitalização no Jardinete Luiz Carlos Ribeiro está sendo concretizada com o maior interesse e da melhor forma possível.
Captura de Tela 2015-06-26 às 10.07.22

Apesar do Jardinete não ter sido aprovado para se tornar a Praça do Tai Chi, como requerido no Projeto de autoria do prof. Levis Litz, fica como resultado positivo, a ação do professor que levou a revitalização da referida Unidade de Conservação. Uma ação louvável também de todas as partes envolvidas, digna de aplausos, que trará ganhos relevantes, tanto para residentes do bairro da Água Verde e a comunidade em geral.

Captura de Tela 2015-06-26 às 10.04.50

O prof. Levis Litz expressa seu agradecimento especial ao Sr. João Carlos Fontoura e sua equipe (MAPP). Ao Secretário do Meio Ambiente, Renato Eugenio de Lima. Ele agradece também ao Presidente da Associação Internacional de Praticantes de Tai Chi Chuan, José Onofre Nunes; ao Presidente do Conselho de Segurança do Água Verde, Paulo Roberto Goldbaum Santos e seus membros; ao fotógrafo Paulo Delavigne; à jornalista Maria Celeste Correa; ao Presidente do IPPUC, Sérgio Póvoa Pires, ao professor do Colégio Medianeira, Olindo Baggio; ao vereador Bruno Pessutti; ao assessor parlamentar, Adriano Rabiço; Vereador Prof. Gaudino, aos seus alunos e amigos: Jean Sirigate, Dra. Luiza Wisniewski, Dr. Carlos Assis; Professora Elenice Benvenutti, Regina Amélia, Drauzio Menezes, Luiz Alberto Schwab de Mello, Hiran Cassou (SMELJ) e às 151 pessoas que em algum momento apoiaram a iniciativa em relação ao projeto “Praça Tai Chi – Jardinete Luiz Carlos Ribeiro”.
Anúncios

Por Lente Quente -> Massacre 29 de abril – Livro de Fotografias

Captura de Tela 2015-06-15 às 22.31.14Massacre 29 de abril é o livro de fotografias que retrata o maior massacre em praça pública já registrado contra os professores do Paraná, na quarta-feira, dia 29 de abril de 2015, no Centro Cívico, em Curitiba. O acontecimento colocou o estado do Paraná nos jornais nacionais e internacionais. As cenas retratadas demonstram o tratamento do Governo do Estado e de sua polícia para com os trabalhadores.

A organização dessa iniciativa é de um coletivo de fotógrafos de Ponta Grossa, que atua em conjunto com projeto de extensão Lente Quente, do curso de Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa, em atividade há mais de cinco anos. Este financiamento não visa o lucro, somente o custeio do livro e produtos afins.

Uma das intenções desse projeto de financiamento coletivo é relembrar a população sobre um dos episódios mais tristes e recentes da história do Paraná, quando mais de 300 manifestantes foram feridos em frente ao prédio da Assembleia Legislativa. Estudantes, professores e servidores públicos estiveram presentes na manifestação. Estudantes fotografaram os momentos de tensão na semana de manifestações. Polícia Militar contra professores, servidores públicos e estudantes. Balas de borracha, bombas, gás lacrimogêneo e spray de pimenta contra os manifestantes.

A ideia da montagem do livro surgiu de uma série de exposições em espaços públicos que foram realizadas após o confronto do dia 29. Integrantes do coletivo Lente Quente organizaram exposições itinerantes com fotos do ocorrido. Perceberam que a importância histórica desses registros deveria ir além das exposições. O financiamento coletivo foi a opção mais viável para viabilizar esse projeto.

Todo o dinheiro arrecadado com a campanha de financiamento coletivo será investido na impressão de livros, divulgação do material, exposições, palestras e lançamentos afins. A estimativa de entrega do livro é para o dia 29 de junho, quando se completa dois meses do trágico evento. A plataforma Catarse assegura a todos que contribuírem o ressarcimento do investimento caso a campanha não alcance a meta estabelecida.

Ajude a tornar real essa inciativa para que esse momento seja devidamente documentado. A publicação desse livro é vital para não deixarmos de lado essa luta. As imagens servem, principalmente, para relembrarmos sempre do erro histórico do governo do Estado do Paraná e, principalmente, da resistência daqueles que defendem a educação pública.

Fotojornalismo a serviço da luta dos trabalhadores.

Fazem parte dessa iniciativa coletiva: Rafael Schoenherr, André Jonsson, Pedro Guimarães, Rodrigo Menegat, Angelo Rocha, Andre Lopes, José Gabriel Tramontin, Lucas Feld, Danilo Schleder, Igor Vieira, Nilson de Paula Junior, Kimberlly Safraide, André da Luz, Marina Semensati, Ellen Cogo, Jaqueline Guerreiro, Marina Scarpari, Victor Ribas, Desirée Pachefist, Marcia Boroski, Gabriel Carven e Elaine Schmitt.

11393197_10204176620873473_8564890992488554267_nComo apoiar esta ideia?

1 – Interessados em contribuir com a campanha de financiamento coletivo devem acessar o site https://www.catarse.me/pt/massacre29deabril

2 – No endereço, o contribuinte escolhe a cota de apoio, que começa em R$ 30, tendo como recompensa uma foto do livro e um DVD do documentário “Massacre 29 de abril”.

As recompensas incluem exemplares do livro, dvds do documentário Massacre 29 de abril, palestras, fotografias em diversos formatos, incluindo a doação de exemplares do livro para escolas e colégios públicos.

3 – Após escolher o valor e a recompensa desejados, o pagamento pode ser efetivado por boleto ou cartão de crédito.

Captura de Tela 2015-06-15 às 22.31.42


Gosta de música? Vem aí… Mariana Aydar

Olha aí para quem gosta música -> Livraria Cultura / Shopping Curitiba: dia 24 de junho (sábado), a partir das 18h. Destaque ->  Mariana Aydar, com transmissão ao vivo pela Rádio Lumen FM em 99.5.
Captura de Tela 2015-06-12 às 11.27.45
É a cantora e compositora Mariana Aydar, um dos destaques da nova geração da música brasileira. Mais uma atração que marca os 10 anos de aniversário da Lumen FM. É o Trajeto Lumen ao Vivo, realização Lumen FM e Shopping Curitiba,

O evento gratuito está marcado para dia 24 de junho, às 18h, na Livraria Cultura e conta com pocket show, bate-papo com o público e sessão de autógrafos. O Trajeto Lumen ao Vivo também será transmitido ao vivo pela Rádio Lumen FM (99.5).

Mariana Aydar vem pra Curitiba para comemorar os seus 10 anos da premiada e elogiada carreira. Vencedora do prêmio da revista Veja de melhor cantora em 2007, ano em que também concorreu ao prêmio MTV de melhor sambista. E em 2015, ela concorre ao Prêmio Multi Show nas categorias Melhor Cantora e Melhor Show.

A artista já participou do Rock in Rio cantando nos dois palcos do festival: abriu o palco Sunset com a Orquestra Rumpilezz e Móveis Coloniais de Acaju e foi a convidada da banda irlandesa Snow Patrol no Palco Mundo.

Com três elogiados discos na carreira (Kavita 1, Peixes Pássaros Pessoas e é Cavaleiro Selvagem Aqui Te Sigo), a cantora também dirigiu com Joaquim Castro e Dudu Nazarian um documentário sobre o músico Dominguinhos que idealizou há 6 anos e estreou no ano passado.  O doc concorreu como melhor documentário em grandes festivais como o de Bacifi na Argentina, É tudo Verdade no Brasil e 54th Krakow Film Festival na Croácia, seguindo seu caminho espalhando a cultura e a música mundial de em de seus maiores mestres.

SOBRE O TRAJETO LUMEN AO VIVO
A Rádio Lumen FM realiza o projeto “Trajeto Lumen ao Vivo” desde 2011 com intuito de fomentar e divulgar a cultura em Curitiba e aproximar artistas do público curitibano. Em 2013, o projeto passou a contar com a parceria do Shopping Curitiba, e já está na quarta temporada. Ao longo de 2014, o “Trajeto Lumen ao Vivo” trouxe nomes como Ellen Oléria, Wilson Simoninha, Ronaldo Fraga, Paula Lima, Luiza Possi, Fernanda Takai, Jorge Vercillo, Vander Lee, Luciana Mello, Negra Li, Paulinho Moska, Suricato, Nenhum de Nós, Ivan Lins, Humberto Gessinger, entre outros.

Prestigiando
O quê: “Trajeto Lumen ao Vivo” com Mariana Aydar;
Quando: dia 24 de junho, às 18h.
Quanto: gratuito
Onde: na Livraria Cultura do Shopping Curitiba

Mais informações na Lumen FM:

(41) 3271 -4700 | facebook.com/lumenfm | @lumenfm | lumenfm.com.br
Shopping Curitiba – Av. Brigadeiro Franco, 2.300
(41) 3026-1000 | shoppingcuritiba.com.br | @ShoppingCtba facebook.com/ShoppingCuritiba