Teatro de Rua – “Os fantasmas pedem: Intervenção militar já!?”

Não por acaso, eu estava passando pela Praça Santos Andrades em Curitiba, ali por volta das 13h. Uma tarde muito ensolarada de quinta-feira.

Ali caminhando e cantando e seguindo a minha canção pude observar um grupo de jovens que participavam de um Teatro de Rua – Fringe, do Festival de Teatro de Curitiba.

Aconteceu – sob os olhares dos presentes e da movimentação do “Salmonela Urbana CIA Performática” o Teatro de Rua com a denominação: “Os fantasmas pedem: Intervenção militar já!? Pelo retrocesso em prol dos sábios?!“.

Para garantir a liberdade, intervenção militar já! Usemos da força para apoiar nossos interesses! Ditadura já!“, brada “Salmonela Urbana Cia. Performática” saindo as ruas pedindo intervenção militar. “Vai ficar aí parado? Venha lutar com a gente! Se encontrar algum fantasma pelo caminho, taca-lhe pau!“.

Ao observar aqueles atores, momentos emergiram e induziram a reflexão sobre um passado vivido em tempos de “cólera” que produziu atos insanos aos seus semelhantes. Parabéns aos atores e a direção!

Fotos: Levis Litz
Repórter Fotográfico
Mtb 3497/13/68v-1997
Captura de Tela 2015-04-02 às 19.51.21 FullSizeRender-6

FullSizeRender-8 FullSizeRender-2

FullSizeRender-5  FullSizeRender-4

FullSizeRender-7  FullSizeRender-9

FullSizeRender-3  FullSizeRender

“INTERVENÇÃO MILITAR JÁ!”
Salmonela Urbana CIA Perfomática
Intervenções
Praça Santos Andrade – 02/04/2015  13h00
Direção: Lúcia Helena Martins.
Elenco: Aquiles Kauê, Dayane Andrade, Giulia Martins,
Leonardo Carrera, Mika Urbanek, Ricardo Calixto, Sol do Rosário.


9 Comentários on “Teatro de Rua – “Os fantasmas pedem: Intervenção militar já!?””

  1. Cibele Cruz disse:

    Boa noite, Levis!

    Primeiramente, desejo que o seu blog seja um sucesso aqui, no WordPress. Em segundo lugar, gostaria de parabenizá-lo pelas fotos e por compartilhar conosco esta apresentação que presenciou.
    No momento em que parte da população deseja e pede a volta do militarismo, um dos períodos obscuros da história brasileira, lermos e vermos algo que nos remeta a reflexão e reavaliação, algo nos sensibilize, é muitíssimo positivo!

    Tudo de bom a você, amigo! Deus o abençoe!

    Curtido por 1 pessoa

  2. giulia disse:

    valeu levis! obrigada por ter ido e por ter dedicado um espaço no seu blog para o nosso trabalho!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Lúcia Helena Martins disse:

    Levis, obrigada pela presença e participação! Numa intervenção urbana o espectador também é performer no ato através de suas atitudes. Adoramos as fotos e os comentários!

    Curtido por 1 pessoa

  4. Juti Azevedo disse:

    Levis, ótimas fotos! Vale para uma reflexão mais apurada sobre a nossa história, principalmente para quem teve a sorte de não viver aquele período. Apesar de ser muito criança naquela época, algumas lembranças ficaram bem claras e a maior delas era de que quase todos sentiam medo, apesar de naquela época eu não conseguir compreender tudo que aconteceu. E é bom termos o direito de poder falar sobre isso atualmente.

    Curtir

    • Levis Litz disse:

      Obrigado Juti, a ideia é essa mesma, manter aceso a chama da memória. Quando estive no Camboja conversei com senhores que estavam preocupado justamente pela história que vai se distanciando e caindo no esquecimento e, por consequência, perdendo o peso dos fatos em si de um passado muito tenebroso.

      Curtir

      • Juti Azevedo disse:

        Levis, li uma vez ( não me lembro o autor da frase), mas dizia que um país sem memória é mais do que um país sem passado, é um país sem futuro! Acho que essa frase reforça o quanto é importante não esquecermos da nossa história.

        Curtido por 1 pessoa


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s