Paraquedismo militar – uma família de PQDs

- Pqdt - CIPqdtGPBA importância estratégica das tropas paraquedistas, evidenciada por ocasião da invasão da Normandia durante a Segunda Guerra Mundial, levou o Exército Brasileiro, no pós-guerra, a decidir pela criação de unidades paraquedistas.

- Pqdt - Brevet

Soldado Faria - 02

Carlos Alberto Faria – PQD em 1966

O paraquedista militar Carlos Alberto Faria (à direita), formado no ano de 1966, inspirou seus sobrinhos a tornarem-se combatentes aeroterrestres (PQD’s).

Gislan Litz formou-se em 1982, e Levis Litz no ano seguinte, em 1983, na Brigada Paraquedista (CIPqdtGPB), Cidade do Rio de Janeiro. Todos nascidos em Curitiba, Paraná.

Em homenagem ao tio, Levis Litz, doou ao Museu do Expedicionário de Curitiba, um paraquedas militar em março de 2006.

———-
“Cumprindo no espaço a missão dos condores,
Valente audaz não vacila um instante,
Nas asas de prata ao roncar dos motores,
Vai a sentinela da pátria distante…”

Canção do Paraquedista
Composição do General Paraquedista Newton Lisboa Lemos

- Pqdt - Gislan

Gislan Litz – PQD em 1982

- Pqdt - LL em terra

Levis Litz – PQD em 1983

\

- Pqdt Saltando do Búfalo

- Pqdt - Saltando do Búfalo- Pqdt - Paraquedas- Pqdt - Aeronave Sapão

- Pqdt - LL entrando no búfalo


Apresentação do Projeto “Praça do Tai Chi” ao Conselho de Segurança do Água Verde

- Praticantes de Tai ChiNuma agradável manhã de quarta-feira, eu estava praticando Tai Chi Chuan no Jardinete Luiz Carlos Ribeiro, apelidado carinhosa por nós praticantes como “Praça do Tai Chi” ​que situa-se na esquina da Av. Água Verde com a Rua Guilherme ​Pugsley no bairro do Água Verde em Curitiba.

Naquele momento, em companhia do Dr. Carlos Assis,​ fundador da Associação Internacional de Praticantes de Tai Chi Chuan (AIPT)​, recebemos o Presidente do ​C​onselho de Segurança do Água Verde (Conseg AV), Paulo Roberto Goldbaum Santos​, ​que gentilmente nos convidou para uma ​audiência pública sobre segurança e atividades esportivas dirigidas ao bairro.

​A mesma se realizou no dia 26 de fevereiro e estivemos lá, assim como todos os presentes​: moradores, autoridades, trabalhadores, empresários, Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal, entre outros,​ ​que participaram apresentando ideias e sugestões para diminuição da insegurança pública do bairro Água Verde no sentido de promover a cidadania e a segurança.

Consegav Logo

Consegav PM PC GM

Na pauta estavam incluídos muitos temas relevantes, entre os quais:

1) Atividades e participações do Conseg em 2014;

2) Apresentação da nova Coordenação Geral dos Consegs

3) Falar com autoridades da Prefeitura Municipal de Curitiba sobre obras do rio Guairá, pista de caminhada no entorno do Cemitério Água Verde e sobre problemas relacionados com casa de poker e cancha de futebol;

4) Aprovar Lay Out de placa vizinho solidário;

5) Balanço Geral da criminalidade em nosso bairro falando com Policiais Civil, Militar e Municipal com as presenças da Delegada Araci Carmen Costa Vargas, Inspetor Dietzel, Guarda Municipal e Ten.Cantador, Comandante da 5ª Cia.12 Batalhão;

6) Ações das Viaturas Supletivas da PM e GM no Água Verde;

7) Substituir membros da Diretoria ausentes das audiências há mais de 03 meses;

8) Apresentação do Professor de Tai Chi Chuan, Levis Litz

9) Assuntos Gerais.

CoConsegav LL e Paulomo tivemos esse nobre convite por parte do presidente Paulo, que está mobilizando o pessoal e realizando um belo trabalho junto a comunidade, somos gratos a ele por tido a oportunidade de apresentar o nosso projeto sobre a criação da Praça do Tai Chi.

Projeto este que já foi apresentado ao presidente do IPPUC, Sérgio Póvoa Pires, que manifestou seu parecer favorável, posteriormente houve outra apresentação na Secretaria do Meio Ambiente (Sr. Renato) e Parques e Praças (João Carlos Borges da Fontoura) – aguardando apenas um desfecho para logo após o aniversário da cidade de Curitiba. Fruto da nossa apresentação, obtivemos o apoio do ConSegAV e de vários presentes que externaram sua simpatia e congratulações a nossa iniciativa. Entre eles, destacam-se o apoio do Assessor Parlamentar Adriano Rabiço e Bruno Pessuti.

A Praça do Tai Chi será um ganho positivo em prol da qualidade de vida e bem-estar para o bairro, um marco para a cidade de Curitiba, uma inspiração nacional para atitudes similares e uma referência internacional entre os praticantes de Tai Chi Chuan de outros países, sobre tudo na cidade e país berço dessa prática, a Vila Chen na China.

—————-
Resumo do Projeto “Praça do Tai Chi” (Jardinete Luiz Carlos Ribeiro)

Este projeto visa realocar os equipamentos existentes no local para obter um vão livre amplo o suficiente que possibilite a oferta gratuita a comunidade da prática do Tai Chi Chuan associada a atividades de lazer e cultura para a promoção de cidadania.

—————-

Curiosidade

O Dia Municipal do Tai Chi Chuan já foi homologado e é oficial na Cidade de Curitiba e ocorre sempre, em conjunto, com o Dia Mundial do Tai Chi Chuan, no último sábado do mês de abril. Em Curitiba, esta data é comemorada desde 2005 e naquele ano foi realizada na Praça Afonso Botelho.

—————-

Referências

. Conselho Comunitário de Segurança do Bairro Água Verde, www.consegcuritiba.com.br, tel: (41) 3343-5591. Presidente Paulo Roberto Goldbaum Santos.

. Tai Chi Curitiba, www.TaiChiCuritiba.com.br , tel: (41) 8409-6858. Professor Levis Litz.

Consegav telefones uteis


Os 10 Princípios do Tai Chi Chuan

Mestre Yang Cheng Fu – Cortesia: Supremo Tai Chi Chuan & Cultura Oriental
01 - Energia leve e sensível no topo da cabeça02 - Afundar o peito e arredondar as costas.  03 - Relaxar a cintura. 04 - Discernir cheio e vazio 05 - Princípio do Tai Chi Chuan 06 - Princípio do Tai Chi Chuan 07 - Princípio do Tai Chi Chuan 08 - Princípio do Tai Chi Chua 09 - Princípio do Tai Chi Chuan 10 - Princípio do Tai Chi Chuan


Depoimentos sobre Levis Litz: professor e jornalista

- Levis by Taty

Levis Litz

“Levis Litz é um professor admirável, não apenas pelo profundo conhecimento a respeito do Tai Chi Chuan, mas também pela imensa dedicação e carinho com que ministra seus ensinamentos. Generoso, ele busca sempre compartilhar tudo o que sabe, além de ser um grande entusiasta e um divulgador incansável dessa arte marcial chinesa. Em março de 2009, o irlandês Niall O’Floinn, professor sênior de Tai Chi Chuan, esteve em Curitiba e ministrou vários cursos. Ali ficou evidente o quanto os ensinamentos de Levis Litz são avançados e precisos, pois todos falávamos a mesma linguagem, independentemente do grau de desenvolvimento do Tai Chi de cada um. Também fiquei muito orgulhosa ao perceber o enorme respeito de Niall O’Floinn por Levis Litz. Afinal, o irlandês é um dos mais destacados professores de Tai Chi Chuan em todo o mundo e reconhece a qualidade do trabalho desenvolvido por Levis Litz! Acredito que os seres humanos de espírito elevado buscam formas de tornar melhor a vida das pessoas, e Levis Litz faz isso por meio do Tai Chi. De minha parte, posso dizer que minha vida tornou-se mais saudável e produtiva depois do Tai Chi Chuan – e devo isso ao meu querido professor.”
Maria Celeste Corrêa
Jornalista e Escritora

“O Levis foi meu aluno em meados da década de 90. (…) Eu lembro dele como o aluno que tinha estudado na Inglaterra, que havia participado, lá, de grupo de estudos de filosofia e que, principalmente, quase nunca aparecia nas minhas aulas, mas que por outro lado, só tirava boas notas e que foi um dos meus melhores alunos, tanto que, de vez em quado ainda o citava como um exemplo a ser seguido. Mas não é só por isso que lembro do Levis. Como não lembrar de uma pessoa sensível aos outros, ao mundo, sensível, portanto à condição humana. O Levis, é uma pessoa que pela sua postura e coerência, faz parte do diminuto rol de pessoas imprescindíveis.”
Marlus Vinicius Forigo
Professor de Filosofia

“Eu conheço o Levis de longa data, é viajante incansável sempre com vontade de descobrir novas paisagens, novas histórias de vidas vividas, mas principalmente o vejo como o verdadeiro amigo que é.”
David Habith

“Conheci o Levis na Universidade Tuiuti e o que me chamou a atenção nele foi seu espírito aventureiro. Lembrei dele quando assisti Diários de Motocicleta. É ótimo ouvir as histórias de suas viagens. (…) É um ótimo escritor e um fotógrafo de primeira! Sou fã dele.”
Isabela Tosin
Publicitária

“Agradeço ao Levis por me ensinar a Forma dos 18 Movimentos e o Lao Jia Yi Lu do estilo Chen de Tai Chi Chuan. Em especial, agradeço sua paciência, alegria e dedicação ao ensinar, assim como sua criatividade ao criar exemplos e imagens para que eu conseguisse assimilar melhor os movimentos e as suas sutilezas. Graças ao seu entusiasmo e generosidade em compartilhar suas descobertas, assim como essa mente geradora incansável de ideias para promover o Tai Chi, hoje temos essa conexão com professores de alto nível do estilo Chen. Suas instruções precisas e preciosas durante as aulas estabeleceram uma base para que eu pudesse aproveitar muito melhor a vinda do Professor Niall O`Floinn a Curitiba. Mãos em prece. Muita paz e chi…
Bruno Davanzo
Professor de Tai Chi e Diretor da Academia Paramitta

“Levis, no puedo creer lo que encontré. Hay muy pocas personas en este mundo capaces de entregar algo desinteresadamente. Esto muestra el gran corazón que tienes y la excelente persona que eres. Realmente he quedado sorprendido, impresionado, estupefacto (inmóvil). Espero tener el honor de volver a practicar contigo y entregarte los pocos conocimiento que tengo de taichi chen. Ya me voy mañana y no tengo claro cuando volveré [a Curitiba], pero estoy seguro que si volveré. Estamos en contacto.”
Jaime Diaz Del Pozo 
Analytic, Reporting & Integration Latin America Leader at Ingersoll Rand 
Santiago, Chile

“Comecei a praticar o Qigong em 2003, com o prof. Cláudio Guanabara, que é um excelente professor de Qigong e Tai Chi, com o qual estudei por 4 anos, até 2007. Durante este período, em várias ocasiões ele me convidou e incentivou a praticar o Tai Chi Chuan no estilo Yang, que era o estilo que ele praticava. Confesso que o estilo Yang não me atraía profundamente, não falava ao meu coração. E com o passar do tempo, é claro que acabei por abandonar a prática deste estilo por não me identificar com ele. Porém, ao mesmo tempo, havia visto em vídeos e documentários alguns praticantes do estilo Chen, e achava esse estilo muito interessante e com uma plasticidade fascinante. Mas eu tinha um problema: não conhecia ninguém em Curitiba que praticasse este estilo. Até que em 2007, acabei conhecendo o Levis que foi o primeiro praticante de estilo Chen que conheci em Curitiba. Depois de muita conversa e resistência minha (após a interrupção da aulas que tive com o Cláudio, me dediquei exclusivamente à prática do Qigong), fui convencido à praticar a Forma do Pequeno Círculo do Mestre Lam Kam Chuen, e finalmente, por influência do Levis, me vi estudando o estilo Chen, começando com a forma de 18 movimentos. Para mim é uma honra ser aluno do Levis, que não somente é um excelente professor, como também é um grande amigo (quase um irmão), e a meu ver é um exemplo entre os praticantes e divulgadores do Tai Chi Chuan, que trava uma batalha incansável na divulgação da prática do tai chi chuan no Brasil. Realmente, a única palavra que me ocorre para descrever o Levis como professor, amigo e praticante é: admirável! Que nossa prática como estudantes do Tai Chi Chuan possa refletir todo empenho e dedicação que o Levis tem em ensinar os seus alunos.”
Anderson Rosa 
Professor de QiGong e membro da Assoc. Internacional de Praticantes de Tai Chi Chuan

“I met Levis Litz in 2009 and he has studied with me on 2 teaching tours of mine to Brazil and also he studied for 1 month at my Tai Chi Academy in Ireland and privately in my house over a 3 week intensive period. His dedication and passion for learning and promoting Taijiquan as well as his teaching skills are a valuable asset to the world Taijiquan community. I wish him the best of success with his development and can recommend him as a good teacher for anyone wishing to begin Chen Style Taijiquan.”
Niall O`Floinn – Director of studies of the Galway Tai Chi Academy, Ireland.
Senior student of 12th generation Chen Taijiquan lineage holder, Wang Hai Jun.

“Inicialmente, comecei a participar das aulas no Colégio Medianeira com o professor Levis Litz, como forma de tomar conhecimento sobre Tai Chi. Por vezes me sentia um tanto acanhado e as primeiras aulas pareciam não fazer muito sentido. Entretanto, com o tempo fui percebendo que a prática de Tai Chi exige consciência corporal e disciplina, o que nos conduz a uma situação de auto-controle , ou seja, não deixarmos que nosso dia-a-dia seja conduzido pelo piloto automático imposto pela vida moderna e passarmos a percebermos mais nosso corpo, a energia corrente, nossas falhas de respiração e mantermos o equilíbrio em momentos de tensão. Sou apenas um iniciante mas, cada vez mais, começo a perceber os benefícios desta prática”. “
Dorival da Silva
Empresário

“Fiz duas oficinas de Tai Chi Chuan com o Levis. Apesar de não ter prosseguido com as aulas (por preguiça), levo a impressão sobre o que realmente o Tai Chi Chuan pode representar para seus praticantes. Pode parecer mentira, mas consegui praticar, digamos, no modo de ser e encarar os problemas e dificuldades no dia-a-dia. É isso. Se em duas aulas cheguei a isso, é porque quem faz, faz porque acredita, não fala, é.”
Fabiano Pinkner Rodrigues
Professor de Português

É muito bom ter a orientação do Professor Levis, a companhia das pessoas do nosso grupo, para a prática do Tai Chi Chuan”.
Silvana Cristina Deliberador Martinelli 
Fonoaudióloga

“Em Curitiba, como em muitas cidades do Brasil e do mundo, acontece o Dia Mundial do Tai Chi, uma comemoração bacana que reúne praticantes de vários estilos de Tai Chi Chuan. Este ano apresentei, com o meu grupo, a Forma do Pequeno Círculo, do Mestre Lam Kam Chuen, que me foi ensinada pelo professor Levis Litz. Com ele também me iniciei na Forma Yang e na Forma de Pequim de 24 movimentos. Entretando, sempre o assisti, tanto em Curitiba, como em São Paulo, em 2007, demonstrando o Estilo Chen de Tai Chi Chuan. É bem interessante.”
Augusto Svolenski
Engenheiro Florestal

“O Levis é professor de Tai Chi chuan em minha escola há 3 anos e sempre observo suas aulas e após sua viagem à Irlanda em 2009 para aperfeiçoamento no estilo Chen, pude notar que é realmente um estilo fantástico. Durante sua apresentação no Dia do Acupunturista promovido pelo SATOPAR, as pessoas ficaram muito interessadas em aprender este estilo.”
Luci Aquemi Hayashi Machado
Diretora Geral – Instituto Morita Hayashi
Coordenadora Regional da EBRAMEC – Escola Brasileira de Medicina Chinesa

“Não sou praticante do estilo Chen de Tai Chi (por enquanto). Mais por falta de tempo que de vontade. Quando vejo o Levis praticando, penso: “isso é para poucos!”. Ao refletir vejo que é um equívoco pensar assim. Meus alunos também devem pensar o mesmo ao me ver praticando (estilo Wu). Mesmo assim não deixam de praticar e vencer seus próprios limites. A harmonia de movimentos fortes com suaves, rápidos com lentos e as belíssimas posturas marciais refletem um estilo único. É muito bom assistir o estilo Chen! Praticar deve ser melhor ainda!”
Cid Vicentini Silveira
Professor de Estilo Wu de Tai Chi Chuan

“Por diversas vezes participei de eventos realizados em Curitiba em comemoração ao Tai Chi Chuan, em especial os relativos ao Dia Mundial do Tai Chi Chuan, quando apresentei com o meu grupo o estilo Pai Lin de Tai Chi Chuan. Nessas ocasiões tive a oportunidade de ver a apresentação magistral pelo Professor Levis Litz, do Estilo Chen de Tai Chi Chuan. Achei muito bonita e interessante tal forma.”
José Onofre Nunes
Professor do Estilo Pai Lin de Tai Chi Chuan da Escola Harmonia e Movimento
Presidente da Associação Internacional de Praticantes de Tai Chi Chuan

“Meu antigo professor de Tai Chi. Que saudades das nossas aulas. Eu gostava muito, ainda lembro, andei praticando esses dias. O Levis é um ótimo professor.”
Tauani Vieira
Estudante

“O Levis não é um simples professor de Tai Chi, mas um tremendo orientador! Durante as aulas que ministra – além de buscarmos a harmonia e a paz interior pelos movimentos – nos incita a meditar, durante os exercícios, para atingirmos a serenidade mental (movimento aliado a respiração – concentração = quietude mental). Sentir o corpo respeitando suas limitações, observar os movimentos, respirar e levar a mente ao estado sereno, foi isso o que aprendi nas poucas aulas que participei.”
Ana Paula Reis
Farmacêutica

“Não sei se consigo chamar o Levis de Professor, afinal de contas, foram poucos momentos em que ele me forneceu conhecimento (…) Ele é uma soma de Mestre Miagui, Yoda, com a experiência de mochila que supera muito Zeca Camargo por ai. Para quem procura, encontrar alguém que possa transmitir a essência e a experiência do Tai Chi, Levis é o cara!”
Felipe Salomão
Estudante

“Tenho reparado que o Levis tem uma característica muito especial, a de destacar nas coisas e nos outros aquilo que pode ser expressivo positivamente. Por exemplo: ele soube pegar a ideia do Tai Chi, explorá-la, estudá-la, buscar conteúdos e pessoas (como Niall O`Floinn, Naiana Bregolato, Maurício Bastos, Luci Hayashi, Bruno Davanzo etc…) e graças a esses esforços tivemos eventos importantes como a pós em Tai Chi Chuan, o seminário e assim vai. Um parêntesis: esses dias achei o vídeo do Levis no youtube sobre como cuidar do lixo. Achei a ideia muito legal. Então percebo que você tem a capacidade de abrir portas para ideias e pessoas. Você consegue promover as ideias que surgem e a pessoas que caminham ao seu lado. Parabéns! Se repararmos bem, veremos que seus esforços são recompensados e trazem benefícios aos outros.”
Péricles Zacarias Abrahão
Professor de Tai Chi

“Eu admiro o Levis prá caramba. Ele nunca desiste de seus objetivos e leva a sério seus projetos pessoais e profissionais.”
Viviane Giordano
Secretária

“Querido amigo Levis! Fico muito feliz em ver sua determinação em seguir o caminho escolhido. Tenha certeza de que muitas floradas e frutos mais doces ainda virão com o tempo. Meu sincero desejo é que você se torne um com o Tao e que o Tai Chi seja sempre um rio fluindo, refrescante e renovador. Continue a ser o exemplo que sempre foi de empenho e de realização.”
Carlos Alberto Assis
Médico, pianista e acupunturista

“Figuras especiais como o Levis são exemplos para a gente! Num mundo de tanta concorrência, em que os “fins justificam os meios.”, Levis se destaca pelo profissionalismo, pela perfeccionismo, pela simplicidade, pela figura marcante que cativa a todos! Pequenos gestos mostram o grande homem que o Levis é.”
Eliene Otta
Ortodontista