Informativo Tai Chi Curitiba – nº 1

boletim-informativo-1aboletim-informativo-1b
Grupo Tai Chi Curitiba
www.TaiChiCuritiba.com.br


Sorria, você está sendo ‘desestressado’!

O bom humor é uma prerrogativa importante nas aulas de Tai Chi do professor Levis Litz, pois – quando uma pessoa ri, segundo estudos da Universidade de Maryland Escola de Medicina, o sangue flui mais livremente devido à descontração no endotélio – tecido dos vasos sanguíneos, onde pode gerar doenças como aterosclerose. Por isso, no Grupo Tai Chi Curitiba se ouve muito o dizer: “Sorria, você está sendo desestressado!”.

Grupo Tai Chi Curitiba
www.TaiChiCuritiba.com.br


Sobre o professor Levis Litz e sua relação com o Tai Chi Chuan

prof-levis-litzO professor Levis Litz se tornou adepto da prática de Tai Chi Chuan nos anos 80 com o prof. Cesar, da linhagem do Mestre Liu Pai Lin, que se deslocava de São Paulo para Curitiba, aos fins de semana, especialmente para ensinar Tai Chi Chuan a um restrito grupo no Centro Cívico.

Após um longo período no exterior, em que viveu na Inglaterra e Itália, o prof. Levis ao voltar ao Brasil, nos fins dos anos 90, iniciou seu aprendizado no estilo Yang de Tai Chi, do mestre Ma Tsun Kuen, com o professor e presidente do Centros de Estudos Budistas do Paraná, Bruno Davanzo.

O Prof. Levis foi cofundador da Associação Internacional de Praticantes de Tai Chi Chuan e por iniciativa própria, desde 2003, tornou-se voluntário, disponibilizando gratuitamente Tai Chi em locais públicos de Curitiba, entre eles, Praça Afonso Botelho, Parque Barigui, Parque Tanguá, Jardim Ambiental / Hugo Lange, Praça do Japão, Praça 29 de Março e Praça do Tai Chi. No litoral do Paraná foi voluntário para práticas gratuitas de Tai Chi em Pontal do Sul (Pontal do Paraná) em dezembro/2015 e janeiro/2016.

Realizou em 2005 o primeiro encontro em Curitiba do “Dia Mundial do Tai Chi” com a presença de professores de diversas escolas e grupos de Tai Chi Chuan da cidade. Atuou como organizador e/ou participante das comemorações do Dia Mundial do Tai Chi em Curitiba nos anos de 2006 a 2016.

Professor Levis Litz Jd Botânico.JPG

Prof. Levis com mais de 80 alunos do Colégio Medianeira no Jardim Botânico em 2005

Participou em 2007 do “Workshop de Pa Kua Zhang”, realizado pela Escola Harmonia e Movimento, ministrado pelo prof. José Onofre Nunes, da linhagem do Estilo Pai Lin de Tai Chi Chuan.

Em 2007, presenteado com um vídeo de Tai Chi Chuan por uns amigos chineses, o professor Levis viu pela primeira vez e começou a estudar o estilo Chen de Tai Chi Chuan, o primeiro, dos cinco estilos tradicionais de Tai Chi Chuan (Chen, Yang, Wu, Wu/hao e Sun).

Em outubro de 2008, participou em São Paulo do “Seminário de Tai Chi Chuan Tradicional 103 Posturas Estilo Tradicional da Família Yang”, com o honrado mestre Yang Jun realizado pela Yang Chengdu Tai Chi Chuan Center Brasil e a Sociedade Brasileira de Tai Chi Chuan  e Cultura Oriental – SBTCC.

Tornou-se, em agosto de 2009, membro #055 04 019, da “International Yang Style Tai Chi Chuan Association”, por intermédio da Equilibrius Centro de Tai Chi Chuan, Acupuntura e Cultura Oriental de Ribeirão Preto.

Participou em 2008 na condição de “Convidado Especial” do IX Kung Fu Figh Senda.

Em  agosto de 2008 participou no Rio de Janeiro do seminário do estilo Chen – 19 Posturas, com o mestre Chen YingJun (filho do grão-mestre Chen Xiao Wang). Ao final se 2009, o prof. Levis conheceu, por intermédio de uma rede social da internet, o mestre Niall O”Floinn que manifestava o desejo de conhecer o Brasil.

Obteve em 2009 a certificação de “Formação Profissional em Tai Chi Chuan”, com 660 horas, pela Escola Brasileira de Medicina Chinesa.

Em janeiro de 2009, o prof. Levis hospedou o mestre Niall O’Floinn em sua residência em Curitiba e assim tornou-se oficialmente o precursor do ensino do Estilo Chen de Tai Chi em Curitiba. Em maio e junho do mesmo ano, aprofundou seus conhecimentos, com ensinamento intensivo, particular e individual, na residência do mestre Niall na Cidade de Galway, Irlanda, tornando-se também membro da “Galway Chen Style Tai-Chi Academy” e, além dos ensinamentos particulares, participou de inúmeros seminários com o mestre Niall (jan/maio/jun/2009; 2010, 2011, 2012, 2013, 2014 e 2015).

Tui Shou - 2011 041.jpg

Prof. Levis com o mestre Niall O”Floinn 

Prof. Levis apresentou Tai Chi Chuan Estilo Chen na “XIV Copa Senda de Kung-Fu” em maio de 2010. No mesmo ano participou do “I Torneio Interno Fu Hok d Kung-Fu Fei Hok Phai” realizado pelo Instituto Fu Hok de Cultura Chinesa e Associação Hung Sing de Kung-Fu Fei Hok Phai.

Participou de seminários com o renomado grão-mestre Wang Hai Jun, linhagem do grão-mestre Chen Zheng Lei, nas cidades de Limerick e Galway (Irlanda), reencontrando-o também na cidade de ZhengZhou (China), obtendo dele a certificação oficial para a promoção da linhagem no Brasil.

levis-wang-002

Prof. Levis Litz com o Grão-mestre Wang Hai Jun na Irlanda em 2009

Prof. Levis participou do seminário com o grão-mestre Chen Zheng Lei, no Kansas, Estados Unidos (2013), e o encontrou duas vezes na China: o entrevistou em ZhengZhou para a Revista Tai Chi Brasil e presenciou o discipulado de sua Linhagem na Vila Chen (Local de nascimento do Tai Chi Chuan).

ll-top-1-kansas-czl-2

Em 2011, o professor Levis tornou-se pós-graduado Lato Sensu em Tai Chi Chuan pela Escola Brasileira de Medicina Chinesa. (certificação FAATESP, com 540 horas, reconhecida pelo MEC).

Dia do tai chi oficial em CuritibaFoi coordenador de dois cursos de pós-graduação em Tai Chi Chuan (2010 e 2011), curso de formação de instrutores (2011), coautor do projeto de Tai Chi nos Parques e Praças de Curitiba (2010 e 2011), realizador do torneio de confraternização (2010), autor do projeto de práticas voluntárias na Praça do Tai Chi (2015). Teve a iniciativa para a implementar o Dia Municipal Oficial do Tai Chi na cidade de Curitiba que foi oficialmente reconhecido e instituído como Lei 13.473 em 2010.

É jornalista diplomado e editor da Revista Tai Chi Brasil desde 2009. Possui também pós-graduação MBA em Marketing e Relações Públicas (RJ).

Entre seus alunos e ex-alunos de Tai Chi Chuan do estilo Chen: ex-comandante e vários militares da Polícia Militar do Estado do Paraná, profa. Elenice Benvenutti, prof. Bruno Davanzo, prof. Anderson Rosa, profa. Lídia Vaz Nunes, prof. José Onofre Nunes, prof. Daniel Brito, shifu de Kung-Fu Shaolin Aparecido de Lira, profa. Maria Clarice França, profa. Luiza Wisniewski, prof. Jean Sirigate, Dr/Prof. Carlos Assis, fotógrafo Zig Koch, jornalista Maria Celeste, diversos artistas, terapeutas, psicólogos, médicos e outros agentes da saúde, qualidade de vida e bem-estar.

Entre as instituições e empresas em que prestou atividades de Tai Chi Chuan encontram-se: a Secretaria Municipal de Saúde / Prefeitura de Curitiba (2009), Colégio Medianeira (2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012 e 2016), SESC-Paraná Unidade Água Verde (2009, 2010 e 2011), Universidade Tecnológica Federa do Paraná (2012), Instituto Federal do Paraná (2015), Faculdade Internacional de Curitiba – Facinter (2010), Colégio Bom Jesus (2004), Colégio Suíço-Brasileiro (2011), Dia do Desafio / SESC-PR (2010), Academia Espaço Holístico Paramitta (2008), Associação Internacional de Praticantes de Tai Chi Chuan (2003 a 2011), Mongeral – Seguros e Previdência (2011), Escola Brasileira de Medicina Chinesa – PR (2009), Associação Inter-religiosa de Educação – ASSINTEC (2006), Kraft Foods (2011) e Instituto de Educação do Paraná (2007, 2013, 2014 e 2015).

Recebeu homenagens – por sua ação em prol do desenvolvimento da arte do Tai Chi Chuan da Associação Internacional de Praticantes de Tai Chi Chuan (2011), Instituto Fu Hok de Cultura Marical Chinesa e a Associação Húng Sing de Kung-fu Wushu e Tai Chi Chuan (2011) e de vereadores da Câmara Municipal de Curitiba em 2009, 2010 e 2015.

Prof Levis Litz no Espaço Zen Atelier Dani Henning.jpg

Atualmente, em Curitiba, o professor Levis Litz é diretor do “Grupo Tai Chi Curitiba“, coordena um grupo de professores voluntários na Praça do Tai Chi desde 2015 e dá aulas regulares no Espaço Zen – Atelier Dani Henning (Rua Sain’t Hilaire, 822 – Sala 11. Esq. Av. Água Verde).

Grupo Tai Chi Curitiba / Professor Levis Litz
. Site: www.TaiChiCuritiba.com.br
. E-mail: LevisLitz@TaiChiCuritiba.com.br
. Cel/WhatsApp/Telegram: (41) 8409-6858
. Facebook: Grupo Tai Chi Curitiba 
. Instagram: TaiChiCuritiba
. Youtube: Levis Litz

Grupo Tai Chi Curitiba / Professor Levis Litz
Alvará nº 1.179.342
CNPJ: 20.259.228/0001-08
I.M.: 08.02.694.192-4


19 de Agosto de 2016 – 177 anos da fotografia

19 de agosto é o “Dia Mundial da Fotografia”. Os brasileiros também celebram o dia 8 de janeiro como o “Dia do Fotografo”.
 
A fotografia é uma das invenções mais extraordinárias da história da humanidade e que revolucionou a sociedade a partir de meados do século XIX, assim como a cultura, a economia, as arte e etc.
 
A homenagem é da invenção do daguerreótipo, o antecessor das câmeras fotográficas. Segundo registros, foi em 19 de agosto de 1839 que a Academia Francesa de Ciências anunciava mundialmente a nova invenção. Aparelho desenvolvido pelo francês Louis Daguerre, em 1837, graças aos estudos de Joseph Niépce, que havia criado a héliographie alguns anos antes.

Cópia de Levis Teotihuacan

Veja mais fotos em: www.facebook.com/fotoserumos


Educação finlandesa, qual é o segredo?

Qual o segredo da educação Finlandesa?

Conheça exemplos educacionais finlandeses na Casa Finlândia

A Casa Finlândia, organizada pelo Comitê Olímpico Finlandês e Ministério da Educação e Cultura da Finlândia, apresentará vários exemplos na área, mostrando fatores de sucesso do seu reconhecido sistema educacional, nos dias 17 a 19 de agosto, durante as Olimpíadas no Rio.

O Muuvit é um programa que une tecnologia e educação que será apresentado aos interessados. Todos estão convidados (18 de agosto, das 13h30 às 15h). Ele tem o apoio do Instituto Compartilhar, Embaixada da Finlândia, PNUD e REMS.

Clique no link a seguir e conheça um pouco do segredo da educação finlandesa: https://www.youtube.com/watch?v=QNwoSvbW7Gs

Captura de Tela 2016-08-04 às 15.22.20

Vídeo: FINPRO – Créditos: Riitta Supperi/Finland Promotion Board; Sakari Piippo/Finland Promotion Board


A escritora Cléo Busatto lança novo livro

Novo livro de Cléo Busatto é lançado pela Galera Júnior

Cléo Busatto é um nome conhecido na literatura infanto-juvenil. Em A Fofa do Terceiro Andar, da Galera Júnior, a autora decidiu se embrenhar pelo mundo adolescente. Em uma narrativa que se assemelha a uma conversa íntima, nos apresenta o diário de Ana, uma jovem perdida em meio a relacionamentos, problemas de autoestima e bullying. Nas mãos da autora, a personagem redescobre o mundo à sua volta, livrando-se de excessos e preconceitos – e faz o leitor se identificar com as dúvidas, a coragem e os desafios tão marcantes desta fase da vida.

“O livro é uma espécie de escrita de iniciação, uma conversa por meio da qual a personagem vai se vendo e lendo o mundo à sua volta. Enquanto escrevia, trouxe minha adolescente à tona e entendi melhor esta fase, onde a coragem, a ousadia e as dúvidas estão sempre presentes”, revela a autora.

Na história, Ana foi uma criança alegre e brincalhona, mas passou a sofrer na adolescência quando se descobriu gorda e desajeitada com os esportes. Depois de enfrentar o bullying dos colegas, começa a escrever um diário, numa jornada de autoconhecimento e reconhecimento do mundo. Quando conhece o menino Francisco, sua vida muda. Em meio à descoberta do amor, do enfrentamento da morte e dos desafios de fazer dieta, estudar e se aceitar como é, Ana cresce e amadurece.

Cléo Busatto iniciou seu caso de amor com as palavras aos quatro anos e não parou mais. Lançou seu primeiro livro em 2002 e é uma contadora de histórias, tendo sido ouvida por mais de 100 mil pessoas, no Brasil e no exterior. Convocou sua menina interior e escreveu vários livros, depois convocou sua adolescente e escreveu A fofa do terceiro andar. Suas obras fazem parte de programas de leitura e catálogos internacionais, como o da Feira do Livro Infantil de Bolonha. Colaboradora de jornais e revistas, além de escrever, Cléo gosta de gatos e de viajar. Suas experiências pelo mundo afora inspiram novas histórias, que ela tem prazer em oferecer ao leitor.
__________________________________________________

capa fofa 200 dpi 001A FOFA DO TERCEIRO ANDAR
Cléo Busatto
Páginas: 144
Preço: R$ 25,00
Grupo Editorial Record | Galera Júnior
__________________________________________________

Contatos: Cléo Busatto / Tel: (41) 3024-7342 e (41) 9986-9308.
www.cleobusatto.com.br – atendimento@cleobusatto.com.br

 


Curitiba – onde a capivara tem vez

Capivaras – muitas delas – convivem com visitantes do Parque Barigui . Esse animal (fofo, alguns diriam – risos) se tornou uma marca do município e agora que a moda pegou, elas estão dando um passeio por aí pelos cantos da cidade .

Um grupo, feitas de fibra de vidro – há oito delas medindo 1 metro de altura por 1,5 de largura – podem ser vistas soltas em vários espaços. A inspiração veio do tradicional “Cow Parade”.

Então – preste atenção! Pode ser que você acabe cruzando com alguma delas.

Captura de Tela 2016-06-02 às 10.10.59

Espaço Zen – Atelier Dani Henning – Grupo Tai Chi Curitiba

A capivara da foto foi pintada pela renomada artista plástica Dani Henning em seu Atelier – que também é um espaço Zen para a prática do Tai Chi Chuan. No entorno do animal estão praticantes dessa arte.